Publicado por: cinebarracao | 10 de janeiro de 2011

Barracão Visita…

Desde novembro de 2010 que o Barracão Cine Clube iniciou uma nova sessão batizada “Barracão Visita…” onde através de parcerias, são realizadas exibições do acervo em diferentes lugares.

A estréia em novembro foi marcada por duas sessões em locais diferentes. Em 14 de novembro, a visita chegou ao QG do Coletivo AfroCaeté em Jaraguá, para acompanhar um dia de ensaio de maracatu e encerrar com a exibição do  Terra Deu, Terra Come, documentário de Rodrigo Siqueira. Em 19 de novembro Barracão visitou o Teatro Jofre Soares para exibir Terra Deu,Terra Come para o público frequentador do SESC Centro.

Em dezembro os saudáveis Subversivos foram convidados pela Direção do Campus VIII da UEPB em Araruna-PB para abrir o projeto de cineclube “Cinema no Campus” prestigiando o início das exibições no dia 15, onde Glauber Xavier ministrou a palestra “Cineclubismo e Formação do Olhar Cinematográfico” e através de sua curadoria foram exibidos os vídeos do acervo do grupo: O que é cineclube, No estranho planeta dos seres audiovisuaisPeixe Frito.

No dia 22 de dezembro Glauber esteve presente na 1ª Mostra de Cinema do SENAC, por ocasião da formação da primeira turma de Organizadores de Eventos da instituição, onde ministrou a palestra “Cinema Brasileiro” e exibiu o filme novamente o vídeo do acervo do FuturaTec: No estranho planeta dos seres audiovisuais.

Em 2011, o Barracão Cine Clube prossegue com esta iniciativa de prestigiar parceiros e projetos e juntar esforços na luta pelos direitos do público.  Ou seja! Convites e sugestões serão bem recebidas.

Em primeira mão o Barracão Cine Clube informa que estará exibido filmes nas oito unidades prisionais de Maceió dentro do projeto Uirapurú de Música e Yoga-terapia, que já iniciou seus trabalhos no Centro Psiquiátrico Judiciário Pedro Marinho Suruagy e no Presídio Feminino Santa Luzia. Os primeiros filmes exibidos serão Do Lôdo ao Lótus e Deus me livre ser normal, ambos do diretor mato-grossense Marcelo Buainain. A iniciativa do projeto partiu do Agente Penitenciário Tony Câmara que ministra as aulas e destaca o papel de ressocializador que exige sua função.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: